Inscreva-se para receber, toda semana, o Boletim da Minhoca com informações importantes sobre minhocas e minhocultura.

Minhobox | Boletim da Minhoca
x
PORTAL DA MINHOCA
  • Idioma Português
  • Idioma Espanhol
  • Idioma Inglês
Boletim da Minhoca
Notice (8): Undefined variable: usemob [APP/View/Minhoquiz/index.ctp, line 9]

Perguntas e respostas com ilustrações bem-humoradas sobre as maravilhas e curiosidades do universo da minhoca e sua criação, publicadas semanalmente no Boletim da Minhoca, a newsletter da Minhobox, que sorteia e premia acertadores.
  • As minhocas sentem cheiro? -- Sim ou não?
  • gráfico As minhocas sentem cheiro? -- Sim ou não?

As minhocas sentem cheiro?
Sim ou não?

Em muitas espécies animais, o olfato desempenha papel imprescindível à sobrevivência delas, determinando o sucesso na reprodução, na busca por alimento, na proteção contra predadores e em outras tantas funções vitais.

Através do olfato, um cão percebe uma fêmea no cio a mais de um quilômetro de distância, o urubu, voando de muito alto, detecta um cadáver em putrefação e o camundongo, mesmo com nariz bem pequeno, identifica facilmente a proximidade de um gato.

As minhocas também possuem sentidos. As percepções delas são realizadas por um sistema nervoso composto por dois gânglios cerebrais, tratados também como cérebro, localizados logo nos primeiros segmentos de seu corpo, que comanda os estímulos recebidos por terminações nervosas.

A conformação desta cadeia nervosa ventral, que percorre da boca à cavidade anal da minhoca, se caracteriza pela interligação de numerosos gânglios que faz lembrar uma escada e lhe confere, por isso, a denominação de sistema nervoso ganglionar escalariforme.

As minhocas dispõem de receptores nervosos na boca que percebem estímulos químicos para detectar o paladar (quimiorreceptores), no dorso de ambas as extremidades para distinguir a intensidade de luz (fotorreceptores) e por todo o corpo para identificarem os estímulos mecânicos e de pressão (mecanorreceptores) e registrarem as deformações decorrentes do movimento do animal, do seu peso e de forças externas (propriorreceptores).

Entretanto, não há qualquer recurso fisiológico, estruturas sensitivas olfatórias e tampouco um nariz que lhes permitam a identificação do cheiro.

 

Afrânio Augusto Guimarães - zootecnista / MINHOBOX.

 

Resposta certa: não

Ganhadora: Lisiane Pinho Foerstnow

  • Imprima esta página.
    Imprima esta página.
  • Envie esta página para alguém.
    Envie esta página para alguém.
  • Envie uma mensagem para a Minhobox.
    Envie uma mensagem para a Minhobox.
  • Deixe seu comentário sobre esta página.
    Deixe seu comentário sobre esta página.
  • Compartilhe esta página no Facebook.
  • Recomende esta página pelo Twitter.
  • Recomende esta página pelo Google+.
Deixe seu comentário sobre esta página.
Enviar
Envie esta página para alguém.
Envie uma mensagem para a Minhobox.
Notice (8): Undefined variable: usemob [APP/View/Minhoquiz/index.ctp, line 267]
Notice (8): Undefined variable: usemob [APP/View/Minhoquiz/index.ctp, line 327]