Portal da Minhoca

Minhocário 2015

Minhocário 1480

A maior parte da matéria-prima que alimenta o minhocário vem de uma fazendinha mantida no interior do próprio parque aquático. O esterco de pôneis, cabras e mini-vacas misturado com silagem e feno caídos dos cochos é raspado do piso de suas baias e levado ao minhocário para tratamento.

Minhocário 1480

Ao lado do Minhotúnel que abriga o minhocário, os resíduos orgânicos ajuntados no parque de diversões, incluindo o estrume e os restos vegetais, são organizados em montes compridos onde são umedecidos e revolvidos em dias alternados até ganharem a condição de alimento de minhocas.

Minhocário 1480

O tratamento por que passam grandes volumes de água utilizada no parque aquático gera um resíduo sólido com potencial de uso na minhocultura. De consistência pastosa, este material é incorporado a restos vegetais semi-decompostos que o desagregam e melhoram a porosidade.

Minhocário 1480

Do alto de uma enorme caixa d’água, se vê o Minhotúnel instalado sob a melhor orientação em relação ao percurso do sol: o sentido leste-oeste corta transversalmente o abrigo, evitando a possibilidade de haver insolação direta no minhocário através de suas duas extremidades abertas.

Minhocário 1480

Uma UPM (Unidade de Produção - Minhocas) do Minhobed com seis colchões produz mensalmente cinqüenta quilos de minhocas para alimentar os bichos do parque e uma tonelada de húmus para adubar os jardins do local. O Minhotúnel ainda tem espaço para abrigar duas unidades adicionais.

Minhocário 1480

O minhocário dispõe do vira-leira, uma máquina motorizada destinada ao revolvimento das leiras que baixa a temperatura e aera a matéria-prima durante o preparo, melhorando condições de atividade do grupo de microrganismos mais propício ao processo.

Minhocário 1480

Outro minhocário foi instalado num espaço de educação ambiental para ensinar noções de ecologia aos visitantes do parque. A UPM (Unidade de Produção - Minhocas) do Minhobox com dezoito caixas produz dez quilos de minhocas e cento e cinqüenta quilos de húmus todo mês.

Minhocário 1480

A espécie que povoa o minhocário vertical é a gigante-africana (Eudrilus eugeniae) que é colhida de caixas no último estágio de desenvolvimento com aproximadamente quinze centímetros, comprimento que é perfeitamente apreensível por grandes peixes mantidos em aquários do parque.

Minhocário 1480

O zootecnista da Minhobox, Afrânio Augusto Guimarães, esteve presente na implantação do minhocário, instruindo os funcionários do parque como preparar a matéria-prima e repassando ambas as técnicas vertical e horizontal de minhocultura pelas quais são conduzidos os dois criatórios.

Afrânio Augusto Guimarães – zootecnista / MINHOBOX
Jornal da Minhoca - edição 69 - dezembro de 2014
Atualizada em março de 2017